SEMUSA – Secretaria Municipal de Saúde

null

null

null

null

null

null

null









Tatiane de Almeida Domingues

Secretária Municipal de Saúde

Avenida Florianópolis, S/Nº. – Centro. CEP.: 76890-000 – Jaru/RO

Fone: (69) 3521 – 2119. E-mail: semusa@jaru.ro.gov.br

Aviso Importante:

“EM TODO ATENDIMENTO DE SAÚDE, OS MAIORES DE 80 (OITENTA) ANOS, TERÃO PREFERÊNCIA ESPECIAL SOBRE OS DEMAIS IDOSOS, EXCETO EM CASO DE EMERGÊNCIA.”














SERVIÇOS AO CIDADÃO

COMPETÊNCIA DA SECRETARIA

A Secretaria Municipal de Saúde, tem as seguintes atribuições: organizar e administrar os serviços públicos municipais de saúde, promover ações preventivas, desenvolver campanhas em conjunto ou por delegação das autoridades federais e estaduais, administrar os recursos do SUS destinados a terceiros, orientar, dirigir e fazer executar os serviços que lhe são determinados por lei, e de acordo com o plano geral de governo, presidir o Fundo Municipal de Saúde, planejar, avaliar e executar as ações de controle das doenças, as avaliações nestas áreas, emitir licenças e fiscalizar estabelecimentos que manipulam gêneros alimentícios, prestar atendimento e executar ações de vigilância e orientação as empresas e aos trabalhadores, prestar atendimento médico de urgência, emergência e hospitalar a população, bem como medicina especializada, observações as disponibilidades e obedecidos os limites de sua competência, termos da lei, bem como outras atribuições correlatas.

ATENÇÃO PRIMÁRIA

É  o  primeiro  nível  de  atenção  em  saúde,  que  abrange  a  promoção  e  a proteção da saúde, a prevenção de agravos, o diagnóstico, o tratamento, a reabilitação, a redução de danos e a manutenção da saúde.

A  APS  Jaru  é  composta  por  13  Unidades  de Saúde,  distribuídas  09 na zona urbana e 04 na zona rural. Cada Unidade Básica de Saúde é responsável por dar assistência à população de um território definido, dentro da área de abrangência daquela Unidade. A Unidade  de Saúde constitui-se na  porta de entrada do sistema de saúde de modo  que  todos  os  usuários  que  o  procuram  possam  ser  acolhidos.  A  partir  da  análise  de  demandas  e necessidades  e  considerando  riscos  e vulnerabilidades,  a  equipe  organiza o atendimento, com agendamento distribuídos ao longo da semana, de acordo com a necessidade de cada caso, no tempo e momento necessários à demanda de cada usuário.

Devem ser as  primeiras  a  serem procuradas em caso de alguma necessidade de tratamento, informações ou cuidados básicos de saúde. 

UNIDADES BÁSICAS DE SAÚDE

São a porta de entrada para promoção e proteção a saúde, a prevenção de agravos, o diagnóstico, o tratamento, a reabilitação,  a  redução de  danos e a  manutenção da  saúde, são  instaladas  nos  setores, e com isso desempenham um papel central na garantia de acesso à população a uma atenção à saúde de qualidade. É o nível de atenção que faz o encaminhamento para outros locais, como realização de exames e consultas com outros especialistas. Prestando serviços de: Consultas (médicas e enfermagem); pré-natal e puerpério; teste rápido; teste de glicemia; curativos; pequenos procedimentos cirúrgicos; procedimentos odontológicos; vacinação; aferição de pressão arterial; administração de medicamentos; encaminhamentos para os especialistas e cartão do SUS. Contam também com equipes multidisciplinares como da Estratégia Saúde da Família – ESF, e está no primeiro nível de atenção no Sistema Único de Saúde (SUS) e é considerada uma estratégia primordial para a organização e o fortalecimento da atenção básica, a partir do acompanhamento de um número definido de famílias, localizadas em uma área geográfica delimitada, são desenvolvidas ações de promoção da saúde, prevenção, recuperação, reabilitação de doenças e agravos mais frequentes, além do atendimento na própria UBS, a Equipe realiza visitas domiciliares, palestras na comunidade entre outros compostas por: médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, dentistas, técnicos em saúde bucal, agentes de endemias e agentes comunitário de saúde, e com o apoio da Equipe do Núcleo de Apoio à Saúde da Família – NASF tipo I, compostas por profissionais: farmacêuticos, fisioterapeutas, nutricionistas, psicólogos, fonoaudiólogos e médicos, os quais devem atuar de maneira integrada e apoiando os profissionais das equipes de saúde da família; E a Equipe Multidisciplinar de Assistência Domiciliar - EMAD -  Composta por profissionais da saúde de várias áreas de formação, como: médicos, enfermeiros, fisioterapeutas, fonoaudiólogos, nutricionistas, terapeutas ocupacionais, dentre outros. Modalidade de atenção à saúde integrada as Rede de Atenção à Saúde (RAS), caracterizada por um conjunto de ações de prevenção e tratamento de doenças, reabilitação, paliação e promoção à saúde, prestadas em domicílio, garantindo continuidade de cuidados. 


REQUISITOS/DOCUMENTOS NECESSÁRIOS
Cartão SUS;
Comprovante de residência;
Documento de identificação;
Cadastro na Unidade para acompanhamento regular.
 
PRINCIPAIS ETAPAS DO SERVIÇO
Identificação na recepção;
Triagem/consulta de enfermagem no momento da chegada, com avaliação de necessidades-orientações, curativo, vacinas, realização do Cartão SUS, procedimentos.
Se necessário, encaminhamento para consulta médica no dia ou agendamento;
O Cadastro na Unidade é condição para o acompanhamento, mas não deve limitar o atendimento do cidadão.

FORMAS DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO
Acolhimento - escuta qualificada da demanda do usuário e identificação da necessidade;
Cadastramento da população no E-SUS (prontuário eletrônico);
Consultas individuais e coletivas feitas por médicos, enfermeiros e dentistas;
Cuidado em Saúde Bucal;
Agendamento de consultas especializada pelo SISREG;
Desenvolvimento das ações de controle da dengue e outros riscos ambientais em saúde;
Pré-natal e Puerpério;
Acolhimento da mãe e do bebê após alta na maternidade;
Rastreamento de câncer de colo uterino (preventivo) e câncer de mama;
Pequenas suturas; Curativos; Retirada de pontos;
Planejamento familiar;
Teste do pezinho, Orelhinha e olhinho;
Teste rápido para HIV, sífilis, hepatites B e C livre demanda (por ordem de chegada);
Teste rápido de gravidez;
Controle do tabagismo;
Acompanhamento de doenças crônicas, como hipertensão, diabetes e doenças respiratórias crônicas e Glicemia capilar (somente para os pacientes em controle);
Fornecimento de Prótese dentária móvel;
Atualização e cadastro do cartão do SUS;
Programa Saúde na hora;
Aferição dos sinais vitais: aferição de pressão, frequência cardíaca, frequência respiratória, temperatura;
Vacina (Imunização de acordo calendário do ministério da saúde);
Medidas antropométricas (verificação do peso corporal, da altura e das circunferências do abdômen e do quadril)
Realização de visita domiciliar aos pacientes acamados e domiciliados;
Acompanhamento e cuidados a pessoas em tratamento com oxigenioterapia domiciliar;
Terapia de Reidratação Oral (TRO) e Manifestação das Doenças Diarreicas Agudas (MDDA);
Administração de medicamentos injetáveis com receita medica;
Cuidados com estomas (digestivos, urinários e tranqueias);
Ações de promoção da saúde e proteção social na comunidade.
LISTA DAS UNIDADES BÁSICA DE SAÚDE – UBS
Unidade de Saúde da Família Carlos Chagas – Jaru
Diretora: Patrícia Magda de Souza Bezerra
Endereço: Av: Padre Adolpho Rohl, nº. 3068 – Setor 050
Fone: 3521-1067, e-mail: cscarloschagasjaru@gmail.com
Horário de Atendimento: De segunda a sexta-feira das 07h:00 às 22h:00

Unidade de Saúde da Família Rute de Souza de Oliveira – Jaru
Diretora: Nivea Laressa Cordeiro de Souza
Endereço: Rua Rio de Janeiro, nº. 1221 – Setor 07, CEP: 76890-000
Fone: 3521-6282, e-mail: ubsruthdesouzajaru@gmail.com
Horário de Atendimento: De segunda a sexta-feira das 07h:00 às 19h:00

Unidade de Saúde da Família Diferenciado Izaltino Lopes de Andrade – Tarilândia
Diretora: Ângela Pereira de Souza
Endereço: Rua Saulo da Cunha, n° 2438 – Centro. Distrito de Tarilândia
Fone:  3526-1373, e-mail: regulacaotarilandia@outlook.com
Horário de Atendimento:  24h:00


Atendimentos realizados pelas Unidades de Saúde da Família: Carlos Chagas, Rute de Souza e Izaltino Lopes (Distrito de Tarilândia):
Consultas com médico clinico geral agendadas no e-SUS e livre demanda quando necessário; Consultas de enfermagem agendadas no e-SUS e livre demanda; Consulta com nutricionista agendadas pelo SISREG; Consulta e atendimento de fisioterapia pelo SISREG; Consulta com psicólogo pelo SISREG; Consulta com assistente social SISREG; Atendimento odontológico e-SUS; Dispensação de medicamentos com Farmacêutico na Farmácia Básica;


Centro de Saúde Osvaldo Cruz – Jaru
Diretor: João Joaquim Alves 
Endereço: Rua Rio de Janeiro, nº. 3662 – Setor 02, Fone: 3521-1696   
Horário de Atendimento: De segunda a sexta-feira das 07h:00m às 22h:00
Atendimentos realizados: Consultas com medico clinico geral agendadas no e-SUS e livre demanda quando necessária, Consultas de enfermagem agendadas no e-SUS e livre demanda, Consulta com psicanalista agendadas pelo SISREG; Consulta com fonoaudióloga agendados pelo SISREG (realização de teste da linguinha e orelhinha), Atendimento Odontológico agendados no e-SUS; Preventivos, atendimento aos pacientes do Lar da melhor idade, testes rápido, puericultura, consulta puerperal e orientações gerais relacionadas a saúde.

Centro de Saúde Dr. Antônio Carmona Tressoldi – Jaru
Diretora:  Ilma de Souza Damaceno

Endereço: Rua 07 de setembro, nº. 3177 – Jardim novo Estado
Fone: 3521-4056, e-mail:  centrodesaudedrcarmona@gmail.com
Horário de Atendimento: De segunda a sexta-feira das 07h:30m às 17h:30
Atendimentos realizados: Consultas com médico clinico geral agendadas no e-SUS e livre demanda quando necessária; Consultas de enfermagem agendadas no e-SUS e livre demanda;

Centro de Saúde Dr. Apolinário Gomes da Silva – Jaru
Centro de Saúde Marcelina Tereza de Carvalho – Jaru
Diretora:  Andressa Alerine Geremia
Endereço: Rua Ricardo Catanhede, nº 777 – setor 03, CEP: 76890-000
Fone: 3521-5287
Horário de Atendimento: De segunda a sexta-feira das 07h:30m às 17h:30
Atendimentos realizados: Consultas com medico clinico geral agendadas no e-SUS e livre demanda quando necessária; Consultas de enfermagem e livre demanda e agendadas no e-SUS.

Centro de Saúde João de Castro Lacerda – Jaru
Centro de Saúde Especializado da Mulher – Jaru
Diretora: Leticia Nunes de Moraes
Endereço: Rua Sebastião Cabral, nº 2662 – Setor 04
Telefone: 3521-5214
Horário de Atendimento: De segunda a sexta-feira das 07h:30m às 17h:30
Atendimentos realizado: Centro especializado em atender a saúde da mulher, realizando atendimentos com: Médico Ginecologista agendamento no SISREG; com Medico obstetra atendimento livre demanda com encaminhamento medico clinico geral ou enfermeira da ESF; com Fisioterapeuta agendado no SISREG; com Enfermeiro obstétrico; com assistente social (processo de laqueadura e vasectomia) e com psicólogo (processo de laqueadura e vasectomia); Assistência ao pré-natal de alto risco com utilização da Caderneta da Gestante;  Assistência no período do puerpério;  assistência à mulher no período do climatério; abordagem em saúde sexual e reprodutiva: orientação individual e em grupos de métodos contraceptivos; gestão de risco; oferta e dispensação de insumos de prevenção e testes rápidos;  avaliação pré-concepção; gravidez; orientação e atendimento  sobre infertilidade conjugal;  manejo de problemas ginecológicos mais comuns: sangramento uterino anormal, miomatose, corrimento vaginal (abordagem sindrômica) e dor pélvica; manejo de problemas mamários comuns relacionados à lactação;  rastreamento para neoplasia de colo uterino e acompanhamento da mulher com diagnóstico de câncer do colo uterino;  rastreamento para neoplasia de mama e acompanhamento da pessoa com diagnóstico de câncer de mama.

Formas de acesso:

Pode estar encaminhado por qualquer profissional da rede pública de saúde municipal e/ou demanda espontânea.

Horário de atendimento:
De segunda a sexta-feira das 07h:30 min às 17h:30min.

Documentos necessários:
Cópia da documentação pessoal (CPF, RG, Carteira de Trabalho);
Cartão do SUS; e Comprovante de residência.

Casa de Detenção de Jaru:
Tem como objetivo garantir o direito à saúde, para todas as pessoas privadas de liberdade no Sistema Prisional. Além disso, a Política visa à garantia do acesso dessa população ao Sistema Único de Saúde (SUS), respeitando os preceitos dos direitos humanos e de cidadania. A Lei de Execução Penal (LEP) de 1984 assegura atendimento médico, farmacêutico e odontológico às pessoas reclusas.

Endereço/Telefone:
Casa de Detenção de Jaru
Rua Raimundo Catanhede, nº. 836 – setor 02, Jaru-RO CEP: 78940-000
Fone: (69) 3-521-5887

Público Atendido:
Pessoas reclusas e no semiaberto

Formas de Acesso:
O médico da Equipe saúde prisional solicita todos os procedimentos necessários a cada caso.
POSTOS DE SAÚDE

Posto de Saúde Gercy Garcia de Souza – Jaru-Wauaru
Diretora:  Tais Karoline Klempovs de Souza Damacena
Endereço: Linha 627 KM 85
Horário de Atendimento: De segunda a sexta-feira das 07h:30m às 17h:30

Posto de Saúde José Amabile - Santa Cruz – Linha 630
Diretora:  Maria Glaucia Rosa de Souza
Endereço: Linha 630 Km 30
Horário de Atendimento: De segunda a sexta-feira das 07h:30m às 17h:30

Posto de Saúde Professora Júlia Rafael do Nascimento – Linha 610 - Bom Jesus
Diretora:  Ezequiel Guedes da Silveira
Endereço: Rua Piauí s/nº
Horário de Atendimento: De segunda a sexta-feira das 07h:30m às 17h:30
Atendimentos realizados nos Postos de Saúde: Consultas com medico clinico geral por livre demanda; Consultas de enfermagem por livre demanda.

Formas de Acesso:
Para ter acesso o usuário deve comparecer aos Postos de Saúde e nas UBS mais próxima de sua residência, para agendamento conforme necessidade de cada caso.

Documentos necessários:
RG; CPF; Cartão do SUS e comprovante de residência no nome do usuário.

FARMÁCIA BÁSICA

Unidade I 
Rua Florianópolis nº. 3062 – Setor 02 – Secretaria de Saúde;

Unidade II - Farmacêutica responsável: Ruskaia Louise Lenk
Av: Padre Adolpho Rohl, nº 3068 – Setor 05 - USF Carlos Chagas

Unidade IIIFarmacêutica responsável: Eliene Souza de Freitas Silva 
Rua Rio de Janeiro, nº 1221 – setor 07 - USF Rute de Souza.

Ação de Promoção da Atenção Farmacêutica e Insumos Estratégicos na Atenção Básica em Saúde, na dispensação de medicação padronizada pela Relação Nacional de Medicamentos Essenciais – RENAME, os quais realizam a retirada, através de receituário médico e conforme a necessidade de cada indivíduo, orientando é informando ao paciente o uso adequado do medicamento, sobre horários, dosagens e possíveis interações.

Formas de acesso:
Todos os médicos da Rede Pública de Saúde de Jaru estão aptos a solicitar os medicamentos necessários, conforme cada caso.

Documentos necessários:
Documentação pessoal (CPF; RG); Cartão do SUS e Receita médica (original) e dentro do prazo de validade da rede de saúde pública municipal

ATENÇÃO ESPECIALIZADA

Hospital Municipal Sandoval de Araújo Dantas
Vice-Diretor: Diego Raphael Pereira da Silva
Telefone: 69 3521-2678
Endereço: Avenida Florianópolis, nº. 1.710 – setor 07
Atendimento: 24h:00

O HMSAD é referência em atendimento em Jaru e outros municípios circunvizinhos. Conta com 100 leitos para atendimento à população, entre eles: Cirurgia geral; Ginecologia; Ortopedia; Clinica Geral; Obstetrícia cirúrgica; Obstetrícia clínica e Pediatria clínica. Possui em média 04 médicos clinico geral por dia, RX, ultrassons, exames laboratoriais, eletrocardiograma a pacientes internos, atendimento eletivo de cirurgiões e procedimentos cirúrgicos, gineco-obstetras, anestesistas, psicólogo, assistente social e nutricionistas.

As vítimas de trauma, normalmente resultado de acidentes de trânsito, acidentes de trabalho, quedas ou violências são atendidos na urgência e emergência do HMSAD.   

Rede de Urgência e Emergência – Estes serviços caracterizam-se por atenderem os usuários sob demanda espontânea, onde cada usuário é submetido a uma triagem inicial, para avaliação e classificação de risco, o que determina o atendimento segundo a gravidade do risco.

Todos os recém-natos permanecem nos quartos com suas mães, em sistema de alojamento conjunto, o que propicia o estabelecimento de vinculo imediato. A mãe recebe orientação e o devido acompanhamento, até a alta hospitalar.

VISITA HOSPITALAR

A presença de parentes e amigos representa um importante apoio para os pacientes no momento da internação e sem dúvida colabora para o seu processo de recuperação. Contudo, temos que adotar alguns procedimentos para o bom andamento das visitas para os pacientes.



CENTRO DE ATENÇÃO PSICOSSOCIAL – CAPS-I
Diretora: Sandra Alves Bernardino Oliveira
Endereço:Avenida Rio Branco, nº. 1.301 – Setor 02 CEP: 76890-000 – Jaru-RO
Fones: 3521-2051 e 99379-9800, e-mail: capsjaru@gmail.com 
Público Atendido: Pessoas que sofrem com transtornos mentais, psicoses, neuroses, os quais necessitam de cuidados específicos.
Horário de Atendimento:
De segunda-feira à Sexta-feira, das 07hs:30min às 17h:30m

Serviços Prestado:
Centro de referência e tratamento para pessoas que sofrem com transtornos mentais, psicoses, neuroses, graves e demais quadros, cuja severidade ou a persistência justifiquem sua permanência num dispositivo de cuidado, personalizado e promotor da vida. Ofertando ao usuário atendimento Psicológico; Médico Clínico Geral; Enfermagem; Assistente Social; Visitas domiciliar; Oficina Terapêutica e Farmácia de alto custo. Regulamentado pela Portaria n. 336 de 19 de fevereiro de 2002.

Formas de acesso:
Para ter acesso ao serviço, o cidadão deverá comparecer ao CAPS com as documentações necessárias para orientações de agendamento. Os pacientes são encaminhados pelas Unidades Básica de Saúde e Hospital Municipal.

Documentos Necessários:
Documentação pessoal (CPF, RG, Carteira de Trabalho); Cartão do SUS;
Comprovante de residência; e encaminhamento Médico.


 

TRATAMENTO FORA DE DOMICILIO – TFD

Visa garantir, através do Sistema Único de Saúde-SUS, tratamento médico a pacientes portadores de doenças não tratáveis no município, quando esgotado todos os meios de atendimento. Permite o recebimento, a avaliação, o encaminhamento, e a aprovação da oferta de serviços, além de possibilitar a interface entre Atenção Primária em Saúde – SPS, ordenadora do cuidado, e a regulação/média complexidade em saúde.

Público Atendido:
Os médicos da rede pública de serviço são aptos a encaminhar ou solicitar, quaisquer procedimentos necessários a cada indivíduo, obedecendo ao Protocolo de Regulação Estadual e/ou diretrizes do TFD Estadual, na mesma Unidade Básica que o paciente esteja consultando.

Documentos necessários:
Copias:
RG;
CPF;
Cartão do SUS;
Comprovante de residência no nome do usuário; 
02 cópias do encaminhamento médico da rede pública de saúde do município.

Formas de acompanhamento:  
Os procedimentos que são solicitados via SISREG – Sistema de Regulação, poderá ser acompanhado pelo aplicativo do Ministério da Saúde “Meu DigiSUS”, que informará se o procedimento foi devolvido, negado, pendente ou agendado. Caso o TFD encaminhe via e-mail ou oficio, para a referência estadual, os usuários deverão se dirigir ao referido TFD (localizado na Secretaria de Saúde), para obter informações.

VIGILÂNCIA EM SAÚDE

VIGILÂNCIA EPIDEMIOLOGICA ENDEMIAS E AMBIENTAL

Coordenadora: Betania Rafael de Paula
Público Atendido: Demanda espontânea.
Endereço/telefone: Avenida Rio Branco, nº. 1341 – Setor 02 – Jaru-RO
Fone (69) 3521-2549   E-mail: epidemiologia.jaru.ro@gmail.com
Horário de Atendimento: De segunda-feira à Sexta-feira, das 07hs:30min às 11hs:30min. E das 13hs:30min. às  17h:30m
Formas de Acesso: Para ter acesso ao serviço o usuário deverá comparecer no endereço acima citado com pedido médico ou solicitação de empresa.
Documentos necessários:
RG, Carteira de trabalho ou CNH;
Cartão do SUS;
Comprovante de residência.


NOTIFICAÇÃO DE DOENÇAS E AGRAVOS

A Vigilância Epidemiológica tem como finalidade fornecer subsídios para execução das ações de controle de doenças e agravos (informação para a ação) e, devido a isso, necessita de informações atualizadas sobre a ocorrência dos mesmos. A principal fonte destas informações é a notificação de agravos e doenças pelos profissionais de saúde.

A escolha de doenças e agravos de notificação compulsória obedece a critérios como magnitude, potencial de disseminação, transcendência, vulnerabilidade, disponibilidade de medidas de controle. Os dados coletados sobre as doenças de notificação compulsória são incluídas no Sistema Nacional de Agravos de Notificação (SINAN).

Atua na execução das ações especificas dos Programas definidos pelo Ministério da Saúde dentre os quais: Doenças e Agravos Não Transmissíveis (DANTS), Sistema de Informação de Mortalidade (SIM) Municipal e Federal, Sistema Nacional de Agravos de Notificação (SINAN), Sistema Nacional de Nascidos Vivos (SINASC), Programa de Monitoramento da Doença Diarreica (SIVEP-DDA), Programa de Monitoramento da Influenza (SIVEP-GRIPE), Programa de Monitoramento da malária (SIVEP-MALÁRIA), Programa de Doença Transmitida por Alimento (DTA), CADSUS - Sistema de Cadastramento de Usuários do SUS; Triagem neonatal do teste do pezinho; Atendimento médico para pacientes com hanseníase, tuberculose, Paracoccidioidomicose e Leishmaniose; Exames de malária e leishmaniose realizados no laboratório de endemias; Fornecimento de medicações para agravos de doenças epidêmicas (malária, esquistossomose, influenza, toxoplasmose em gestantes, hanseníase, tuberculose, ARV, PEP para diferentes faixas etárias...); Fornecimento de transporte para Nativida, Hospital Santa Marcelina (Hanseníase) e CEPEM (Hepatites Virais). Envio bem como otimização de recoleta da triagem neonatal. Avaliação periódica dos casos de hanseníase e tuberculose, realização de exames: Dermatoneurológico e PPD.  Investigação de óbitos (causa mal definidas, MIF, infantil e fetal).

ENVIO DE AMOSTRAS PARA O LACEN

Exames enviados pala o LACEN respeitando os critérios epidemiológicos. Estes exames são: Brucelose (sorologia), HIV, Hepatite B, Hepatite C, Chagas, toxoplasmose, influenza, citomegalovírus, sarampo, rubéola, dengue, HTLV, leptospirose, Leishmaniose, cólera, esquistossomose, criptococos, raiva, histoplasmose...

ENVIO DE BIÓPSIA

Envio de biópsias para análise no laboratório de histopatológicos do Hospital de base Dr. Ary Pinheiro, respeitado os critérios estabelecidos pelo laboratório executor.

OBJETIVOS:

-Detectar casos e/ ou surtos de doenças para a adoção de ações oportunas e custo-efetivas. 

-Melhorar a oportunidade do diagnóstico, tratamento, notificação e instituição de medidas epidemiológicas de controle em caso de doenças e agravos de notificação.
-Fortalecer o sistema de vigilância epidemiológica local.

COMO E ONDE NOTIFICAR EM JARU

Agravos de notificação em até sete dias devem ser informados à Vigilância Epidemiológica. Deve ser preenchida ficha de notificação e posteriormente, conforme o agravo ficha de investigação especifica. Os casos suspeitos notificados serão acompanhados pela Vigilância epidemiológica para apoio na investigação e confirmação ou descarte dos casos.

*VIGILÂNCIA de A a Z
Acidentes por animais peçonhentos; AIDS – HIV; Botulismo; Chikungunya; Coqueluche; Coronavirus; Dengue; Doenças Crônicas não Transmissíveis – (DCNT); Doença Diarreia Aguda; Doença Priônica; Estreptococos A; Fatores de risco para Doenças Crônicas não Transmissíveis; Febre amarela; Fichas de notificação; Gripe ou Influenza; Hantavirose; Hepatites; Hanseníase; Intoxicação Exógena; Leishmaniose; Malária; Meningites; Mortalidade; Morbidade; Nascidos vivos; Notificações imediatas; Rubéola; Sarampo; Sífilis; Toxoplasmose; Tuberculose; Varicela; Violências; Vacinas; Zika.

CONTROLE E VETORES E AMBIENTAL

Consiste em um conjunto de ações que proporcionam o conhecimento e a detecção de mudanças nos fatores determinantes e condicionantes do meio ambiente que interferem na saúde humana e no combate aos vetores de endemias como: dengue, febre amarela, leishmaniose, malária, doença de chagas. Temos como objetivo pesquisar comportamento de vetores, uso de larvicida e inseticida, quando necessário, fazer levantamento de índice de infestação, visita domiciliar, eliminação de criadouro de Aedes, visitas em ponto estratégico e aplicação de UBVs pesado e portátil. Lei 8080 de 19 de setembro de 1990 que dispõe sobre o fornecimento dos serviços.

Formas de Acesso: Todo cidadão pode solicitar os serviços tais como: infestação de insetos; aplicação de UBVs pesado e portátil, denunciar criadouro em terrenos baldios com lixo suspeito de foco. O usuário deverá entrar em contato através do telefone (69) 3521-2549 ou comunicar os Agentes de Endemias que fazem o serviço de rotina em toda cidade.

SERVIÇOS IMUNIZAÇÃO (VACINAÇÃO)

A imunização desempenha um papel fundamental nas Políticas Públicas, nitidamente voltado à promoção, proteção e recuperação da saúde. Por meio de vacinação que proporciona uma melhor qualidade de vida à população objetivando prevenção de doenças. Sabe-se que somente com coberturas altas é possível alcançar o controle e ou, manter em condição de eliminação e ou erradicação das doenças imunopreveníveis. O setor de Vigilância Epidemiológica, juntamente com Atenção Básica é a área responsável pela imunização (vacinação) do município de Jaru.

Toda a população podem procurar as Unidades Básicas de Saúde (UBS), localizadas perto de suas residências, sendo necessário os documentos pessoais e Cartão Nacional do SUS, e impreterivelmente o cartão de vacinação. É importante ressaltar que o cartão de vacinação é o documento que comprova a situação vacinal do indivíduo, e deve ser guardado junto aos demais documentos pessoais. Embora há também registros no prontuário Eletrônico do cidadão PEC- ESUS/AB.

Funcionamento: A vacinação ocorre em todas Unidades de Saúde do município, respeitando o horário de funcionamento das UBS, bem como, garantindo a universalidade de acesso, um dos princípios do SUS,  disposto na Lei 8.080/90, por este modo ocorre na Zona Rural e distritos (Tarilândia, Bom Jesus, Jaru Wauru e Santa Cruz).  Ressalto ainda que as vacinas ofertadas são de acordo com Programa Nacional de Imunização as demandas de rotina e campanhas anuais preconizadas pelo Ministério da Saúde.

Observações: A Vacina BCG e febre Amarela, que compõe apresentação multidose, que após aberto tem prazo curto para ser usado, por este motivo houve necessidade de intercalar dois dias da semana para abrir e não ocorrer desperdício de doses.


CRONOGRAMA BCG

UNIDADE DE SAÚDE

DIA DA SEMANA

USF -  Ruth de Souza

Segunda - Feira

USF - Carlos Chagas

Quinta - Feira


DIAS VACINAÇÃO DA FEBRE AMARELA

UNIDADE DE SAÚDE

DIA DA SEMANA

Centro de Saúde João Castro Lacerda

Segunda-Feira

USF - Carlos Chagas

Terça-Feira

USF - Ruth de Souza

Quarta-Feira

Centro de Saúde Dr. Carmona

Quarta-Feira

Centro de Saúde Dr. Apolinário

Quinta-Feira

Centro de Saúde Oswaldo Cruz

Sexta-Feira

DIA DE VACINAÇÃO NOS DISTRITOS

UNIDADE DE SAÚDE

DIA DA SEMANA

Posto de Saúde em Bom Jesus

Quinta-Feira

Posto de Saúde em Santa Cruz

Quarta-Feira

Posto de Saúde em Jaru Uaru

Sexta-Feira

USF Diferenciado -Tarilândia

Terça-Feira e Quinta-Feira

Observação:   Somente no período da manhã devido o tempo de validade, após aberto dura somente 4 horas de validade de acordo com Laboratório Bio-manguinhos/Fiocruz.

 

LABORATÓRIOS

Análises clínicas são um conjunto de exames, cuja finalidade é diagnosticar o estado de saúde de um paciente e ou investigar doenças, tanto os exames de rotina, check-ups, quanto em caráter de Urgência. A análise é feita de acordo com o estudo do material biológico coletado do paciente, podendo ser: sangue, urina, saliva, fezes, etc.  A coleta é realizada no próprio laboratório onde são feitas as análises ou em locais como no hospital, em postos de coleta, também domiciliar dependendo da capacidade do paciente.

Atualmente o Laboratório é credenciado via tabela SUS.
Endereço:  Rua Rio de Janeiro   n°1236   setor   01 CEP 76890-000
Horário de Funcionamento: 07 h às 12 h das 14 h às 17:00 de Segunda à Sexta feira atendimento (ambulatorial) e regime de Plantão em um ponto de coleta localizado Hospital Municipal todos dias da semana incluindo Sábados, Domingos e Feriados.
Contato: (69)-3521- 1557 e (69) 99302-2138
Fluxo de Atendimento: De 07 às 10 (coleta) e resultado a partir da 14h;00, o exame também pode ser retirado, através site:  http://www.jaru.uniexames.com.br/cms/inicio


LISTAGEM   DE EXAMES REALIZADOS PELO SUS

Análise de caracteres físicos, elementos e sedimentos na urina (EAS-tipo i)

Antibiograma

Contagem de plaquetas

Cultura de bactérias para identificação

Determinação de tempo de coagulação (TC)

Determinação de tempo de sangramento – Duke (TS)

Determinação de tempo de tromboplastina parcial ativada (TTP ativada)

Determinação de tempo e atividade da protrombina (TAP)

Determinação de velocidade de hemossedimentação (VHS)

Determinação direta e reversa de grupo abo

Dosagem de ácido úrico

Dosagem de amilase

Dosagem de antígeno prostático específico (PSA)

Dosagem de bilirrubina total e frações

Dosagem de cálcio

Dosagem de colesterol (HDL)

Dosagem de colesterol (LDL)

Dosagem de colesterol total

Dosagem de creatinina

Dosagem de creatinofosfoquinase (CPK)

Dosagem de creatinofosfoquinase fração MB

Dosagem de desidrogenase lática (LDH)

Dosagem de ferro sérico

Dosagem de fosfatase e alcalina total

Pesquisa para dosagem de aminoácidos por cromatografia

Dosagem de glicose

Dosagem de gonadotrofina coriônica humana (HCG, BETA HCG)

Dosagem de hormônio tireoestimulante (TSH)

Dosagem de imunoglobulina e (IGE)

Dosagem de magnésio

Dosagem de potássio

Dosagem de proteína c reativa

Dosagem de proteínas (urina de 24 horas)

Dosagem de proteínas totais e frações

Dosagem de sódio

Dosagem de tiroxina (T4)

Dosagem de transaminase glutâmico-oxalacética (TGO)

Dosagem de transaminase glutâmico-pirúvica (TGP)

Dosagem de triglicerídeos

Dosagem de triiodotironina (T3)

Dosagem de troponina

Dosagem de ureia

Dosagem gama-glutamil-transferase (GAMA GT)

Hemograma completo

Pesquisa de anticorpos antiestreptolisina o (ASLO)

Pesquisa de anticorpos IGM antitoxoplasma

Pesquisa de anticorpos IGM antileishmanias

Pesquisa de fator RH (inclui d fraco)

Pesquisa de ovos e cistos de parasitas

Pesquisa de sangue oculto nas fezes

Prova do látex p/ pesquisa do fator reumatoide

Laboratório Credenciado - Tarilândia
Endereço: Av.  Saulo da Cunha n° 2421   Bairro - Centro CEP: 76897-890
Horário de Funcionamento:  07h às 17 hs de Segunda à Sexta feira
Fluxo atendimento:  por ordem de chegada 3526-1479 


LISTAGEM   DE EXAMES REALIZADOS PELO SUS - TARILÂNDIA

Hemograma completo

Contagem de plaquetas

 Dosagem de glicemia

Colesterol total

Dosagem de triglicerídeos

Dosagem de colesterol HDL

Dosagem de colesterol LDL

Dosagem de ácido úrico

Pesquisa de anticorpos antiestreptolisina (ASLO)

Dosagem de proteína c reativa

Determinação de fator reumatoide

Determinação de velocidade de hemossedimentação (VHS)

Dosagem de ureia

Dosagem de creatinina

Dosagem de transaminase glutâmico-oxolacetatica (TGO)

Dosagem de transaminase glutâmico-pirúvica (TGP)

Dosagem gama-glutamil trasnferase (GAMA GT)

Dosagem de fosfatase alcalina

Dosagem de bilirrubina total e frações

Analise de caracteres físico, elementos e sedimentos na urina

Pesquisa de ovos e cistos parasitas

Dosagem de triiodotironina (T3)

Dosagem de tiroxina Tt4)

Dosagem de hormônio tireoestimulante (TSH)

PSA total

Cultura de bactérias para identificação

Antibiograma

Pesquisa do fator RH

Determinação direta e reverva de grupo abo

VDRL

Pesquisa de anticorpos igm antitoxoplasma  

Dosagem de gonodotrofina coriônica humana (BETA HCG)

Dosagem de cálcio

Dosagem de potássio

Dosagem de sódio

Determinação de tempo de coagulação (TC)

Determinação de tempo de sangramento (TS)

Determinação de tempo e atividade da protombina (TAP)

Determinação de tempo de tropombina parcial ativa (TTPA)

VIGILÂNCIA SANITÁRIA E ZOONOSE

Chefe: Elaidio da Silva Pimentel
Endereço: Rua Florianópolis nº. 3062 – Setor 02, CEP 76890-000 – Jaru/RO.
Fone: (69) 3521-4692, e-mail: vigilanciasanitaria_jaru@hotmail.com
Horário de Atendimento: De segunda-feira à Sexta-feira, das 07h:30min às 11h:30min. e das 13h:30min. às 17h:30m
Público Atendido: Demanda espontânea

A Vigilância Sanitária e zoonose atuam na coordenação, em esfera municipal, na execução de ações específicas definidas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), dentre as quais: Recebimento e atendimento de Denúncia (Comercial e Residencial), Inspeção Sanitária Comercial, Receituário Controlado (Amarelo e Azul) e Liberação de Alvará Sanitário; Vacinação canina e felina antirrábica animal. Necropsia de animais suspeito de zoonoses e coleta de material. Encaminhamento de material biológico para analise, com a finalidade de identificação de possível relevância de saúde pública. Orientação, visando educação em saúde a população referente todos agravos de zoonoses. Eutanásia, quando indicado, de animais de relevância para saúde pública. Recolhimento de animais quando suspeito a doenças relacionada a zoonoses com acompanhamento técnico. Visita técnica para acompanhamento e orientação aos usuários, agredido por cães e gatos, verificando demanda de profilaxia antirrábica pós exposição. Visita técnica para investigação dos agravos de zoonoses (Leptospirose, Brucelose, Toxoplasmose, Doenças de Chagas, Esquistossomose, Hantavirose, Febre Amarela, Requitsioses (Febre Maculosa), Varíola Bovina e Acidentes por Animais Peçonhentos e outros de interesse de zoonoses. Notificação e Investigação Animais Sinantropicos - morcego e pombos dentre outros. Regulamentado pelas Portarias nº 1138, de 23 de maio de 2014 e Portaria n. 758, de 26 de agosto de 2014.

Forma de Acesso:
Para ter acesso ao serviço o usuário pode comparecer no endereço acima citado ou solicitar por telefone ou através do sistema e-SIC ou Ouvidoria Municipal no portal da Prefeitura Municipal (http://jaru.ro.gov.br/). Qualquer cidadão pode solicitar o serviço (verificamos in loco através de visita técnica, onde são realizados os procedimentos de acordo com a solicitação da população).  

Documentos necessários:

Cópia de Documentos para Autorização de Alvará de Saúde para Clinicas, Laboratório, Cons. odontológico e Farmácia são:
. Requerimento de Alvará Sanitário e assinado pelo responsável legal.
. Cópia do Contrato social, C.N.P.J e Inscrição Estadual.
. Cópia do Comprovante de endereço.
. Cópia dos documentos pessoais, CPF, RG do proprietário e responsável técnico.
. Cópia do alvará de Funcionamento.
. Cópia do diploma dos profissionais e técnicos.
.  Cópia da carteira de identidade profissional.
. Cópia do certificado de especialização.
. Certificado de regularidade emitido pelo conselho.
. PGRSS- Plano de Gerenciamento de Resíduo de Serviço de Saúde.
. Cópia do contrato com a empresa responsável pela coleta do Lixo.
. Licença Ambiental do Município.
. L. O – Licença de Operação da SEDAM da Empresa que faz a coleta os resíduos.
. Cópia da carteira de trabalho assinada pela empresa.
. Parecer técnico da Planta baixa aprovado pela AGEVISA.
. Termo de responsabilidade firmado pelo responsável pela execução da obra.
. POP - Procedimento Operacional Padrão.
. Manual de Boas Práticas.
. Certificado de Regularidade do Conselho.

Documentos para liberar Alvará Comercial: Lanchonete, Padaria, Sorveteria, Cabeleireiro e Barbeiro:
. Requerimento de Alvará Sanitário e assinado pelo responsável legal.
. Cópia do Contrato social, C. N.P.J e Inscrição Estadual.
. Cópia do Comprovante de endereço.
. Cópia do alvará de Funcionamento.
. Licença Ambiental do Município

. Comparecimento no endereço com cópias de Diploma e Carteira do Conselho - Para Receituário especial (Amarelo e Azul).

Para Receituário especial (Amarelo já temos bloco pronto excedido pela AGEVISA) e para Receituário especial (Azul tem que fazer o pedido da Numeração na Vigilância Sanitária).